Banda Lira Nossa Senhora da Saúde

Banda Lira Nossa Senhora da Saúde

Banda filarmónica lira nossa senhora da saúde – (1910 – 2010)

«A 10 de junho de 2011, realizou-se a cerimónia do lançamento do livro que foi o culminar de um dia de festa, e também de memória dos cem anos de existência da Banda Filarmónica Lira de Nossa Senhora da Saúde, da iniciativa da Junta de Freguesia. Os autores convidados, foram Ana Borges Ferreira, nascida e residente nesta Freguesia e Paulo Sousa Jerónimo, com for tes ligações familiares aos Arrifes. Ambos são licenciados em História, pela Universidade dos Açores, e da exaustiva investigação sobre a história da referida Banda Filarmónica resultou o livro intitulado “O Ontem e o Hoje da Banda Filarmónica Lira de Nossa Senhora da Saúde, Centenário 1910-2010.”

A obra vem refrescar a memória de uma instituição cujo percurso tinha alguns espaços em branco, e como não havia fontes documentais, a pesquisa foi dificultada.Tomaram como referência os testemunhos orais de antigos e de atuais músicos, maestros e membros da Banda Filarmónica, dispersos por toda a ilha de São Miguel recorrendo-se, também, a testemunhos de pessoas atualmente emigradas nos Estados Unidos da América e no Canadá.

Conforme referido pelos Autores, a investigação está documentada e baseada nas entrevistas (filmadas, gravadas e transcritas) feitas às testemunhas que, com a sua vivência e conhecimento, conseguiram transmitir, enquadrar no tempo e no espaço, acontecimentos e pessoas que desde o início dos trabalhos de investigação, empenharam-se em contribuir com os seus conhecimentos, fornecendo inúmeras informações, textos, fotografias e outras referências. Caso contrário, não era possível conseguir, com sucesso, elaborar este livro que recupera uma longa história da Lira de Nossa Senhora da Saúde, a qual tem demonstrado uma grande capacidade de resistência e de vitalidade, pois houve sempre pessoas interessadas em reavivá-la e que preser varam com a sua generosidade a Banda Filarmónica. Por último, realçam que a Banda, ao longo destes cem anos de existência, tem sido como uma “fénix renascida das cinzas”.»

Ana Ferreira e Paulo Jerónimo

Banda filarmónica lira nossa senhora da saúde – um ano em grande

A Banda Filarmónica Lira de Nossa Senhora da Saúde tem vindo a desenvolver um vasto programa de atividades, que muito dignificam os Arrifes. Este ano, e na sequência das Comemorações do Centenário da Banda, foi lançado o seu primeiro CD. Paralelamente, por iniciativa da Junta de Freguesia, foi realizada uma homenagem aos seus antigos músicos, reconhecendo o seu trabalho e dedicação prestados ao longo de anos a esta Filarmónica. Ocorreu, também, o lançamento do livro “O Ontem e o Hoje da Banda Filarmónica Lira Nossa Senhora da Saúde”, da autoria dos Historiadores Ana Ferreira e Paulo Jerónimo, a quem endereçamos um agradecimento público, pelo empenho e dedicação na sua elaboração.

Os atuais músicos puderam, ainda, realizar uma merecida viagem ao Algarve, onde a sua atuação em Lagos foi muito apreciada e aplaudida.

Banda filarmónica lira nossa senhora da saúde

Foi Fundada em 1910 com designação «Eccho Musycal» pelos distintos elementos da freguesia de Arrifes. Mais tarde alterou a designação para «Eccho Musycal Independente» e nos finais da década de 40 do século XX alterou novamente a sua designação para a actual.

Venceu o 1º prémio e obteve uma menção honrosa no Concurso Distrital promovido pela Junta Geral em 1957. no ano seguinte foi premiada com o 2º prémio no mesmo concurso. Em 1959 ficou apurada no 1º Grande Concurso Nacional de Filarmónicas e Bandas Civis, organizado pela FNAT, tendo em Maio de 1960 ido disputar a 2ª eliminatória na cidade de Setúbal.

Tem como figura maior o seu maestro Manuel Medeiros Canito, pianista, clarinetista e compositor de inúmeras obras para a banda, líder nas vitórias acima referidas e que presentemente se encontra radicado nos Estados Unidos da América. É d referir também outros nomes como Sargento Raposo, José Martins, António Giesta, Lionel Medeiros, Jacinto da Ponte e Manuel Raposo entre muitos maestros, directores e músicos da filarmónica ao longo do seu centenário de existência.

Foi sob a batuta de Manuel canito que a Filarmónica gravou um LP, sendo a primeira nos açores a realizar tal feito. Em Novembro de 2010 gravou um CD comemorativo do seu 1º centenário com diversos temas do seu repertório, os Hinos das padroeiras de Arrifes e a Marcha Festivo «Centenarium», da autoria do seu actual maestro, Rafael Moniz Oliveira, dedicada ao 1º. Centenário da instituição.

A Lira, brevemente irá publicar um livro evocativo da história da filarmónica ao longo dos seus 100 anos de vida, iniciativa promovida pela Junta de Freguesia de Arrifes e elabora pelos historiados Dr.ª. Ana Isabel e o Dr. Paulo Jerónimo, oriundo da freguesia.

A Lira Nossa Senhora da Saúde já se deslocou diversas vezes às Ilhas de Santa Maria, Terceira, em 2008, Faial e Pico, na década de 80 e ainda ao arquipélago da Madeira nos anos de 1960 e 1996. Actualmente prepara-se para realizar um intercâmbio cultural com a banda de Rio Tino, em 2011 com a passagem pelas cidades espanholas de Tui e Vigo.

Desde 2009 que organiza o Festival de Bandas Filarmónicas, único do género no Concelho de Ponta Delgada, que tem contacto com a presença de diversas bandas de todos os concelhos de são Miguel.

Desde Janeiro de 2010 que vem realizando um série de concertos nas Igrejas da freguesia, na altura de Ano Novo, Páscoa, Verão e Aniversário.

Por algumas vezes viu se obrigada a encerrar a sua actividade, devido à falta de músicos motivada pela Guerra do ultramar e pela Imigração, tendo por isso apostado fortemente na sua Escola de Música que garante a sua comunidade e vitalidade.

Presentemente tem cerca de 30 elementos de ambos os sexos, dos 7 aos 70 anos e é dirigida por Rafael Moniz Oliveira, elemento oriundo da formação musical da própria banda.